12 de dezembro de 2018

É possível se conhecer?


Conhecer a si próprio é difícil, pois a pessoa tende a avaliar seus atos a partir de seus projetos, valores e conhecimentos, mas não para de olhar o mundo, nem deixa de julgar os outros e os acontecimentos ao seu redor. Dessa forma seu foco é muito mais os outros do que a si próprio. Por isso que os outros, às vezes, nos conhecem melhor do que nós mesmos, pois eles estão com o foco no que fazemos e nas consequências, somando com as opiniões que expressamos. Um outro empecilho de conhecer a si é não saber por onde começar a observar. Em que realmente se deve prestar atenção em si para aprofundar a autodescoberta? Nesse aspecto é importante ressaltar que conhecer uma pessoa é conhecê-la no mundo entre as demais pessoas, inserida no mundo, com seus desejos e sua história.

6 de dezembro de 2018

A diferença entre SER e TER


A diferença entre Ser e Ter, embora óbvia, é bastante confundida. Geralmente quando se pergunta a alguém quem ela é, geralmente respondem o que ela faz e tem. Respondem qual a sua profissão, o que gosta de fazer, seu lazer, estudo, atividades profissionais e com quem se relaciona. Muito raramente falam do seu Ser, suas características, seus valores, seus desejos e projetos. Mas o conhecer alguém vai além do que ela adquiriu e do que ela faz. Dizer que conhecemos alguém é conseguir antecipar o que essa pessoa vai fazer diante das situações, pois sabe-se quem ela é em seu Ser. Conhecendo a subjetividade sabemos quem o outro é.

25 de outubro de 2018

Você já se viu como realmente está?


Já é de muito tempo o conhecimento, por parte dos psicólogos, da importância da técnica do espelho, quando o paciente consegue se ver através de uma cena protagonizada pelos outros. Dessa forma ele consegue avaliar a si mesmo, utilizando a crítica que usualmente faz aos outros. Assim consegue enxergar com tal clareza que fica difícil continuar se enganando. Quando essa técnica é utilizada em relacionamentos amorosos, ela adquire uma importância bastante significativa; visto que, em geral, o casal tem o desejo de continuar o relacionamento por muito tempo e, diante de tal técnica, algumas pessoas não teriam sequer começado o relacionamento se conseguissem prever o futuro. Claro que esse procedimento técnico não é utilizado com intuito de separar o casal, mas sim para apontar o que eles estão construindo no presente e no futuro.

18 de outubro de 2018

Medo! Supere-o pelo planejamento


O planejamento é utilizado para mapear o caminho que a pessoa irá trilhar para alcançar o seu objetivo. Dessa forma, a pessoa sabe o que precisa fazer e consegue manter o foco no que é necessário. Porém é bastante comum haver desistência do que foi planejado, e um dos fatores predominante é o medo. Uma emoção que faz a pessoa paralisar, ou ficar numa situação tão insegura que ela não se vê em condições de enfrentar seus receios e, por conseguinte, tende a evitar as adversidades.

20 de setembro de 2018

A autodestruição da comparação


Prestar atenção no outro e admirar o que ele tem de positivo é saudável. No entanto, se comparar ao outro para achar que é menos e se depreciar a ponto de perder a confiança é prejudicial. Essa comparação faz com que a pessoa se afaste dos seus objetivos e desista das ações de conquistas. Consequentemente, é provável que fica estagnada e abra mão dos seus desejos a ponto de acreditar não conseguir superar o desempenho do outro.

13 de setembro de 2018

Suicídio - o ato que fere e marca a família


No Brasil, mais de 11 mil pessoas tiram suas próprias vidas por ano, segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em 2017. Diversos são os motivos que levam alguém a cometer suicídio, desde solidão, doenças graves, decepções amorosas, perdas financeiras, bullying, entre tantos outros. Porém, tem um aspecto que é comum a esse ato: a marca e o sofrimento dos familiares que continuam convivendo com essa tragédia. Muitas vezes compreendida, mas não aceita. E o que fica é um vazio e a dúvida: poderíamos ter feito algo para evitar?

31 de agosto de 2018

O lado positivo e negativo da mudança


Quando alguém procura um psicólogo queixando-se de um comportamento que está lhe prejudicando, não se dá conta que ao mudar passará a ter novas características que afetarão sua vida como um todo. As mudanças são positivas, pois inicialmente irão suprir alguma deficiência que a pessoa possui em determinada atividade ou relacionamento. Além disso, se sentirá satisfeita com o resultado e provavelmente irá receber elogios. No entanto, ao mudar poderá criar diversos problemas. Nem todos aceitarão sua mudança, visto que precisarão aprender a se relacionar com ela. Muitos acharão estranho seu novo comportamento e tentarão fazer com que volte a ser como antes, mesmo que já tenham criticado seus hábitos antigos. É contraditório, mas é comum ocorrer. As pessoas criticam o comportamento do outro, porém quando este muda, não aceitam facilmente.

23 de agosto de 2018

Como criticar alguém


É bastante comum pessoas criticarem os outros, porém quando são criticadas não gostam e geralmente tentam se justificar para salvar a sua imagem, ao invés de prestarem atenção no que estão lhe apontando. O interessante é que as empresas de sucesso gastam fortunas fazendo pesquisa a fim de saber a opinião dos clientes, já que sabem que a permanência no erro pode custar ainda mais caro. E em geral as pessoas desperdiçam uma consultoria gratuita, que é a crítica, para se tornarem melhor. No entanto, o problema pode residir na forma como a crítica é feita, fazendo com que o criticado se arme para não se sentir rebaixado. Sendo assim, tem alguma maneira de criticar alguém para que a pessoa reflita sobre si e agradeça por lhe apontar suas falhas?

15 de agosto de 2018

Quer ter um filho saudável psicologicamente?


A adolescência é um momento de descobertas, de um novo posicionamento diante dos outros e uma compreensão mais abrangente do mundo. E a base para que isso ocorra está no desenvolvimento infantil. O período de maior atividade cerebral que uma pessoa vai ter acontece até os três anos. O cérebro de uma criança com essa idade é duas vezes mais rápido do que de um adulto, por isso a importância de usar esse momento para ensinar bons hábitos.

9 de agosto de 2018

Dicas para se tornar uma pessoa segura


Uma pessoa segura é aquela que está abrigada de perigo ou riscos, por considerar que está certa do que faz e pensa. No entanto, a insegurança é um problema comum reclamado pelas pessoas. Tanto que falam que lhes falta segurança para falar em público, para tomar uma decisão importante, lutar pelos seus direitos, enfrentar uma discussão ou mesmo empreender algo que deseja. Diz-se que o passarinho se sente seguro por dormir num galho de árvore, não porque acredita que o galho não irá quebrar, mas porque ele sabe voar. No caso das pessoas, existe um caminho que as levam para a segurança que é o Ser, Fazer e Ter, porém o que significa esse caminho e como trilhá-lo?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...