28 de abril de 2015

Adversidades no relacionamento amoroso

Adversidades no relacionamento amoroso Psicólogo Flávio Melo Ribeiro'É comum as pessoas reclamarem sobre seu relacionamento amoroso sem se dar conta que as adversidades que se depara estão diretamente ligadas ao projeto amoroso que ela própria elege. Quanto mais elaborado e mais exigente é seu projeto amoroso, maior será as adversidades que encontrará para se relacionar. Além disso, é comum, a personalidade apresentar contradição entre o que deseja realizar no seu projeto amoroso com seus valores morais.

Um projeto amoroso é montado a partir das experiências familiares, amigos e sua própria vivência. Também dependerá da sua educação, seus gostos, gênero, suas possibilidades, seus sonhos. Isto tudo refletirá nas escolhas e desenvolvimento de relacionamento, pois é comum o conflito das culturas familiares se sobrepor a união do casal. Em poucos casos ocorre a soma dos costumes positivos, mas é mais comum o conflito. Tanto que se escuta a necessidade dos dois cederem para conviver melhor, quando o ideal é a construção de um projeto em comum levando em conta as diferenças individuais.


Diante das adversidades cotidianas é importante se questionar se os problemas enfrentados não estão relacionados a uma exigência exagerada do seu projeto. Não que a pessoa vá abrir mão do seu projeto, mas equilibrá-lo. Pois um projeto exigente faz a peneira ficar muito fina para as pessoas passarem. Isto só vai joga-la mais à solidão. O importante é eleger valores que vão alicerçar o projeto e consequentemente o relacionamento. Estes não estão à venda, nem muito menos aberto a negociação, pois serão eles que garantirão o equilíbrio e a possibilidade de realização. Também ajudarão na fase da escolha. As pessoas que não passarem por esse crivo devem ser descartadas de um relacionamento sério e duradouro. Insistir com pessoas que são contraditórias aos seus valores fundamentais só farão você sofrer. É comum, principalmente nas mulheres, acreditarem que vão mudar o outro e insistem em ficar com pessoas que no fundo não as realizam. Geram com isso conflito, angustias, ansiedades e dissabores.


Outro problema comum que aparece nas dificuldades amorosas são as contradições que a própria pessoa apresenta na sua personalidade (Veja o texto Seja Feliz). Por exemplo, apresenta desejos sexuais mais ardentes, mas estes ficam impossibilitados pois seus valores educacionais os apontam para uma personalidade que ela desaprova. Essa contradição faz a pessoa não ultrapassar essa linha divisória e consequentemente vive experiência sexual morna e no seu próprio ponto de vista insatisfatória. Sem compreender a origem dessa educação, da sua contextualização na infância e da atual situação vivida, ela não conseguirá superar.


Quando os impasses apresentam dificuldades acentuadas de transposição, a psicoterapia se mostra uma boa opção para superação desses problemas.




Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.

Contato.
Facebook: Viver – Atividades em Psicologia
Twitter: @flaviopsic

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...