29 de maio de 2015

Pessoa Interessante

Pessoa Interessante Psicólogo Flávio de MeloUma característica interessante do ser humano é apresentar desejos, tanto de ser determinada pessoa, de fazer algo ou de ter algumas coisas. Esse desejos servem de parâmetros para definirmos a qualidade do que fazemos, se estamos abaixo ou acima do que esperamos de nós mesmos. Através desses desejos e das nossas ações montamos o que se denomina horizonte de possibilidades. É nesse espaço que nos movemos cotidianamente. E algo importante acontece quando conseguimos alcançar o que desejamos: nos sentimos realizados, satisfeitos. Dessa forma procuramos nos aproximar de pessoas e objetos que nos ajudam a alcançar esses desejos e tendemos a nos afastar de quem nos atrapalha nesse processo.

Ser considerado uma pessoa “interessante” num relacionamento amoroso, numa conquista, paquera, num ficar, etc., é na realidade apresentar características físicas, emocionais, comportamentais, sociais, financeiras, educacionais que viabilizem quem se interessou. Pode ser uma, duas, ou todas as características juntas (Veja o texto Encontros e Despedidas). Mas de alguma forma o “interessante” precisa ser um meio de realizar o “interessado”.

Conquistar é ter a habilidade e a sinceridade de se colocar como alguém que vai realizar a outra pessoa. Para isso não são necessários joguinhos, hipocrisias ou falsidades. Basta se apresentar como você é de uma forma que o outra possa enxergar que você vai realizá-lo.



Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.

Contato.
Facebook: Viver – Atividades em Psicologia
Twitter: @flaviopsic

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...