7 de agosto de 2015

Dar uma chance


Dar uma chance Psicólogo Flávio de MeloÉ bem comum ao casal de amantes depois de iniciar uma reconciliação dizer que vão dar uma chance ao outro, mas muitas vezes não sabem como fazer e acabam criando barreiras e por vezes impossibilitando o amor. Naturalmente se estão se reconciliando é porque já houve motivos para um término e os mesmos ficam como fantasmas nessa nova etapa. Chegam a tomar mais tempo e espaços nos pensamentos em relação ao outro do que realmente o outro como pessoa real ao seu lado. Em vez de criar um ambiente de chance, cria-se um ambiente de desconfiança e por vezes trás os episódios do passado para o meio da relação contaminando a aproximação.

A melhor alternativa ao se dar uma chance é criar um ambiente propício ao amor. Para isso deixar de lado as mazelas das brigas para que as mesmas não interfiram. E por que isso é importante? Para pode fazer uma melhor avaliação. Caso não dê certo se terá a certeza que não era possível, pois se num bom ambiente favorável a pessoa rateou, ela o faria até com mais facilidade num ambiente conturbado (Veja também o texto Encontros e Despedidas). Mas o inverso não é verdadeiro, visto que o bom intencionado pode não conseguir se redimir do que fez caso o ambiente seja preconceituoso.

Mas o que é um ambiente propício? É criar algo que possam fazer atividades prazerosas no presente que possam dar frutos no futuro. Você precisa ter claro que estão construindo algo para ficarem juntos, então o prazer não pode ser algo apenas imediato, não é porque o outro gosta de brigadeiro que se vai fazer brigadeiro de panela. Pois por mais que seja prazeroso ele se esgota nele mesmo. É importante escolher algo que fique na lembrança como significativo, que possa ser guardado para continuar criando boas imagens e lembranças.

A Partir dessa dica procure refletir o que pode ser feito. Lembre dos presentes que já recebeu e quanto os faça lembra de quem recebeu. Seja criativo, surpreenda o outro, não interessa quem iniciou o atrito que levou ao termino. Seja você o responsável pela criação desse novo relacionamento.



Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.

Contato.
Facebook: Viver – Atividades em Psicologia
Twitter: @flaviopsic

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...