26 de setembro de 2016

Nova chance, a oportunidade de ser feliz.

 Nova chance, a oportunidade para ser feliz
O avanço tecnológico proporcionou acesso ao conhecimento à maior parte da população, bem como, a rápida disseminação das informações possibilitou à pessoas comuns ter voz ativa. A força perdeu espaço para a inteligência, novas profissões surgiram e as oportunidades se multiplicaram. A liberdade de expressão fez com que um maior número de pessoas compartilhasse suas intimidades e com isso mitos foram por água abaixo. Escolhas que antes colocariam pessoas na exclusão social hoje são completamente normais. E nesse contexto está o relacionamento amoroso: casar, casar mais tarde, não ter idade para casar ou não casar passaram a escolhas possíveis e respeitadas. Namorar, não namorar, só ficar, ter sexo casual não denigre mais ninguém. Viajar acompanhado, sozinho, se divertir, ficar em casa, fazer o que se gosta passou a ser valorizado. Alguns leitores vão concordar e pensar “realmente o mundo mudou muito”, outros pensarão “mas já é assim faz tempo”. E outros mais novos questionarão “o mundo não foi sempre assim?"

19 de setembro de 2016

Liderando pela autoridade e não pelo poder

 Liderando pela autoridade e não pelo poder
As pessoas na sua maioria querem fazer parte de algo especial, seja no lazer, na família ou no trabalho. E não se alcança tal situação sem esforço e sem dedicação. Isto aumenta a responsabilidade do líder, é primordial que as pessoas que exerçam algum tipo de liderança o façam exigindo excelência, para que as pessoas por ela lideradas façam o melhor de si. Com o passar do tempo os liderados irão perceber que construíram algo significativo e vão se orgulhar disso. Ninguém sai melhor de um trabalho em que não lhe foi exigido nada, que não pode demonstrar o que sabe, nem precisou aprender nada para fazer o que foi solicitado. É fundamental que se reconheça útil e muitas vezes realizadas.

12 de setembro de 2016

Dicas sobre educação infantil

 Dicas sobre educação infantil
Após a publicação do texto da semana passada “A importância dos limites na educação”, houve diversas manifestações solicitando dicas de como os pais deveriam proceder. Dessa forma, vou apresentar um direcionamento importante na educação dos filhos, este baseado em teoria e estudos sobre o desenvolvimento humano e depois vou citar uma dica prática de como lidar com disputas entre irmãos.

6 de setembro de 2016

A importância dos limites na educação

Lendo um texto sobre como desvirtuar a educação de uma criança, dois pontos me chamaram bastante atenção. O primeiro “comece na infância a dar ao seu filho tudo o que ele quiser. Assim, quando crescer, ele acreditará que o mundo tem a obrigação de lhe dar tudo o que deseja.” O apelo comercial dos dias de hoje, fazem com que os pais sem firmeza e esclarecimento cedam aos desejos dos filhos, passem a comprar tudo, mesmo que para isso se sacrifiquem. O fazem para agradar, para evitar birra, ou mesmo para não escutá-lo chorar, sem se darem conta do futuro do filho e da armadilha que estão montando para si próprios. Muitos entendem que os filhos assim agem porque são crianças e com o simples passar do tempo se tornarão adolescentes maduros e compreenderão os pais. Ledo engano, ninguém amadurece sem limites, sem compreender a conseqüência dos seus atos, sem vivenciar que o mundo não gira ao seu redor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...