26 de setembro de 2016

Nova chance, a oportunidade de ser feliz.

 Nova chance, a oportunidade para ser feliz
O avanço tecnológico proporcionou acesso ao conhecimento à maior parte da população, bem como, a rápida disseminação das informações possibilitou à pessoas comuns ter voz ativa. A força perdeu espaço para a inteligência, novas profissões surgiram e as oportunidades se multiplicaram. A liberdade de expressão fez com que um maior número de pessoas compartilhasse suas intimidades e com isso mitos foram por água abaixo. Escolhas que antes colocariam pessoas na exclusão social hoje são completamente normais. E nesse contexto está o relacionamento amoroso: casar, casar mais tarde, não ter idade para casar ou não casar passaram a escolhas possíveis e respeitadas. Namorar, não namorar, só ficar, ter sexo casual não denigre mais ninguém. Viajar acompanhado, sozinho, se divertir, ficar em casa, fazer o que se gosta passou a ser valorizado. Alguns leitores vão concordar e pensar “realmente o mundo mudou muito”, outros pensarão “mas já é assim faz tempo”. E outros mais novos questionarão “o mundo não foi sempre assim?"


As relações amorosas fracassadas há trinta anos atrás condenavam os envolvidos a continuarem juntas para não amargar na solidão da exclusão social. Hoje há espaços à todos e ai está a boa notícia: todos podem ter uma nova chance e viver a oportunidade de ser feliz. Tanto sozinhos, como acompanhados, têm um contexto lhe aguardando para usufruir ou para ser construído. Hoje em dia o mundo proporciona que todos possam encontrar seus espaços, suas turmas e afazeres sem os preconceitos de outrora.

Pessoas que estão bem em suas relações possam achar estranho e não concordar com esse texto, mas as pessoas insatisfeitas e certas de que seu relacionamento amoroso não mais faz sentido ir adiante, vem como um alento saber que podem viver outra oportunidade para construírem suas vidas. Cada dia surgem grupos que é possível ingressar, compartilhar experiências e conhecer novas pessoas. Procure fazer o que gosta, preferencialmente em grupos, pois você perceberá que outras pessoas também compartilham as mesmas afinidades. Foque no positivo, no que você pode construir e colher. Viva a vida, encontre o que e quem lhe deixa feliz. Escolha a companhia de pessoas positivas.


Psicólogo Flávio Melo Ribeiro

CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...