9 de agosto de 2018

Dicas para se tornar uma pessoa segura


Uma pessoa segura é aquela que está abrigada de perigo ou riscos, por considerar que está certa do que faz e pensa. No entanto, a insegurança é um problema comum reclamado pelas pessoas. Tanto que falam que lhes falta segurança para falar em público, para tomar uma decisão importante, lutar pelos seus direitos, enfrentar uma discussão ou mesmo empreender algo que deseja. Diz-se que o passarinho se sente seguro por dormir num galho de árvore, não porque acredita que o galho não irá quebrar, mas porque ele sabe voar. No caso das pessoas, existe um caminho que as levam para a segurança que é o Ser, Fazer e Ter, porém o que significa esse caminho e como trilhá-lo?


A primeira medida é refletir sobre quem ela é e o que deseja para sua vida, pois não há segurança se a pessoa não sabe qual caminho tomar, já que não tem a menor ideia para onde vai. As pessoas devem refletir sobre seus desejos e sobre o que realmente é significativo, tirando a prova da verdade e pensando em si a partir do olhar do outro: “eu me aprovaria se estivesse olhando a partir do outro?”

Em seguida, deve identificar e investir nas habilidades necessárias para trilhar o caminho que a levará ao seu desejo, visto que um dos indicativos de uma pessoa segura é o fato dela saber fazer. Não basta saber para onde vai se não sabe como ir. Por exemplo, imagine alguém inseguro para falar em uma reunião. O que deve fazer? É necessário identificar qual objetivo quer alcançar com a sua fala; para isso, deve pesquisar o conteúdo com intuito de organizar o pensamento e o discurso. Depois deve ensaiar diversas vezes e, assim, acreditar que o conteúdo que irá falar é suficiente e necessário para expor suas ideias, bem como enfrentar uma discussão, caso haja divergência. Independente do que você deseja alcançar, invista no desenvolvimento das habilidades, sem se esquecer de quem é, do contexto onde se encontra e onde realmente quer chegar.

Por fim, a pessoa deve avaliar o percurso e a forma como o realizou e, se aprovar, deve se orgulhar do seu feito. O orgulho é a base para a pessoa se tornar segura. Entretanto, é bom dosar esse sentimento, nada de exageros. O ideal é viver o orgulho das vitórias ao mesmo tempo em que é humilde para reconhecer seus erros e corrigi-los.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449


A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...